10 maiores projetos imobiliários vindo para Nova York

national-tennis-center-new-york-2

10 maiores projetos imobiliários vindo para Nova York

Os maiores projetos imobiliários propostos em pedidos de licenças no mês passado incluíam uma quadra de tênis e um dos projetos finais do famoso arquiteto Zaha Hadid.

O maior projeto apresentado no último mês foi para a quadra de tênis Louis Armstrong, que é parte do Billie Jean King National Tennis Center, da Associação de Tenistas dos EUA – USTA – em Flushing Meadows-Corona Park, no Queens. A nova quadra substituirá a original, que foi construída em 1964 para a Feira Mundial de Nova York e então se tornou a peça central do US Open antes que a instalação fosse expandida em 1997, de acordo com o site da USTA. A nova quadra está programa para estar pronta para o Aberto dos EUA de 2018.

national-tennis-center-new-york

Quatro dois 10 maiores projetos propostos no mês passado foram condomínios em Manhattan, de acordo com dados do departamento de obras, compilados por PropertyShark. Um desses projetos era o TRData LogoTINY, do grupo Moinian na 220 11th Avenue em Chelsea, um edifício de 40 unidades projetado pelo falecido Hadid. O construtor afirmou que o edifício contará com “residências de condomínio no estilo loft” e uma instituição cultural. O projeto será o segundo edifício residencial de Hadid em Nova York, depois do edifício da empresa Related Companies na 520 West 28th Street.

123-30 Roosevelt Avenue, Queens

Espera-se que a nova quadra de tênis Louis Armstrong esteja completada para o US Open de 2018 como parte de uma remodelação maior do Billie Jean King National Tennis Center, da USTA. A quadra antiga será demolida para abrir caminho para uma nova de 14.000 lugares e 22.000 m2, de acordo com petição do departamento de obras. O projeto também incluirá espaço de varejo no lado sul do edifício. Uma quadra temporária será construída nas proximidades para ser usada para o US Open 2017, enquanto o novo estádio está em construção.

No início deste mês, a USTA inaugurou um teto retrátil instalado recentemente sobre o Arthur Ashe Stadium e uma nova arquibancada de 8.125 assentos — parte de um projeto de expansão de US$ 600 milhões no centro de tênis, segundo o New York Times relatou.

263 South 5th Street, Brooklyn

Uma parceria entre Tavros Development Partners, Charney Construction e 1 Oak Development apresentaram um projeto mês passado para um edifício de 22.000 m2 quatro meses após o pagamento de US $ 80 milhões pelo local de Dime Savings Bank. O edifício de 22 andares incluiria 175 apartamentos através de 11.000 m2 de espaço residencial, de acordo com um pedido de licença apresentado ao departamento de obras. O projeto também incluiria 10.000 m2 de espaço comercial e um centro comunitário de 90 m2. Espera-se que o edifício esteja concluído na primavera de 2019.

1880 Boston Road, Bronx

Foxy Management planeja construir um lar de idosos de 168 apartamentos acima de um edifício já existente de 2 andares no endereço 1880 Boston Road, no West Bronx, de acordo com um projeto apresentado no mês passado. O projeto de proposta de aluguel se estenderia por 15.000 m2 – 12.000 m2 dos quais seriam residenciais e 215 m2 comerciais. O projeto incluiria também um centro comunitário de 28.000 m2. A estimativa é de que o projeto custe US $ 78 milhões.

89-48 164 Street, Queens

A empresa First Jamaica Community Urban Development Corporation apresentou planos para um projeto de habitação de baixa renda no endereço 89-48 164th Street em Jamaica, perto da primeira Igreja Presbiteriana. O projeto caracteriza 174 apartamentos através de 13.000 m2, de acordo com um projeto apresentado no mês passado. O projeto também incluiria 1.300 m2 de espaço comercial e um centro comunitário de 900 m2.

220-222-11th-Avenue-Manhattan

220-222 11th Avenue, Manhattan
Um dos projetos finais de Zaha Hadid surgirá em Chelsea, um projeto de condomínio de 40 unidades. O grupo Moinian apresentou planos para um edifício de 11 andares e 13 m2 no endereço 220 11th Avenue, que incluiria 15.000 m2 de espaço residencial, 350 m2 de espaço comercial e 2200 m2 de espaço comunitário. Os planos do construtor para alugar o porão e primeiro andar para uma “grande instituição cultural” a ser identificada.

615 10th Avenue, Manhattan

A construtora chinesa Xinyuan Real Estate comprou o terreno no endereço 615 10th Avenue em janeiro por US$57,5 milhões. A construtora planeja construir um condomínio de 10.000 m2 no local, que teria 82 apartamentos e um espaço de varejo no porão e primeiro piso. O diretor-geral dos Estados Unidos da Xinyuan, John Liang, indicou que as unidades do edifício serão anunciadas a até US$ 20.000 por metro quadrado.

2600-2614 Adam Clayton Powell Jr. Boulevard, Manhattan

No mês passado, a empresa Truss Development apresentou um edifício de condomínios de 103 unidades no 2600 Adam Clayton Powell Jr. Boulevard no Harlem. O projeto de sete andares se estenderá por 9.000 m2, o maior da empresa até agora.

163 6th Street, Brooklyn

Storage Deluxe planeja construir uma instalação de 7.000 m2 de armazém no endereço 163 6th Street em Gowanus, de acordo com um pedido de licença apresentado no mês passado. O novo edifício se erguerá por cinco andares e terá 1.600 unidades de armazenamento, segundo a DNAinfo relatou em maio.

1144 Evergreen Avenue, Bronx

A empresa SKF Development, de Kim Tasher, apresentou planos nos mês passado para um edifício de 73 apartamentos na seção Soundview do Bronx. O projeto se estenderá por um total de 6.500 m2, 4.500 dos quais serão residencial. O edifício de cinco andares também incluiria clínicas médicas no primeiro andar.

501-503 Third Avenue, Manhattan

Os planos de Gary Barnett, da empresa Extell Development, são de construir um edifício de condomínio de uso misto na 501-503 Third Avenue. O projeto se erguiria por 13 andares e se estenderia por um total de 5.500 m2. DJ Associates Architect está desenhando o projeto, que teria 35 unidades, através de 5.000 m2 e um espaço de varejo no primeiro andar.

No Comments

Post A Comment