Central Park New York Casas Office

O que é uma cooperativa (co-op)?

//O que é uma cooperativa (co-op)?

Muitos de nossos clientes nos fazem esta pergunta. Uma co-op é uma cooperativa, uma empresa com acionistas e um Conselho de Administração. Na realidade, você não compra um apartamento, você compra ações da cooperativa. Cooperativas tendem a ser menos caras do que condomínios porque: a) a maioria dos edifícios em Nova York são coops e b) cooperativas muitas vezes tem muitas regras sobre quem pode comprá-las e como elas podem ser usadas. Os compradores internacionais que estão considerando um apartamento de cooperativa devem levar os seguintes fatores em consideração:

//Impostos

A maioria das cooperativas não permitem propridades corporativass, então você não pode comprar em nome de sua empresa. Como resultado, o proprietário está à mercê do mais alto imposto sobre ganhos de capital (30%) quando o apartamento é vendido no futuro, assim como do imposto imobiliário dos EUA (46%) em caso de falecimento. É por estas razões que aconselhamos nossos clientes a criarem uma Empresa de Responsabilidade Limitada (LLC), que inerentemente significa que uma cooperativa está fora de questão.

//Sublocação

As cooperativas têm regras rigorosas quanto à sublocação. Algumas não as permitem de forma alguma, enquanto outras permitem no máximo 2 anos a cada 5 anos. Além disso, o locatário em potencial precisa ser aprovado pelo Conselho de Administração. Já que o apartamento estará em seu nome, você também precisa se certificar de que você tem o seguro de responsabilidade civil correto.

//Financiamento

As cooperativas têm regras rigorosas quanto ao financiamento. Algumas não os permitem de forma alguma, enquanto outras permitem até 75% do preço de compra. Atente-se para o fato de que para os compradores estrangeiros será improvável a obtenção de financiamento de mais de 60% de qualquer maneira.

//Cooperativa – sim ou não?

Com base nos argumentos acima, a compra de uma cooperativa só vai fazer sentido para aqueles que pagam impostos dos EUA ou se o imóvel será usado como um pied-à-terre, uma segunda moradia.

INVESTIMENTO DE PROPRIEDADE >> NAO

PIED A TERRE >> TAL VEZ

RESIDÊNCIA PRINCIPAL >> SIM